segunda-feira, maio 08, 2006

Identidade Desconhecida

Esté não apenas o nome de um blog... É a história verídica de uma portuguesa a quem roubaram os documentos e que a partir dessa data, pura e simplesmente, deixou de existir legalmente...
Quando aqui escrevi o post Identificação em Agosto de 2005, recebi um comentário da protagonista dessa história mas só agora, ao relê-lo, fui visitar o Identidade Desconhecida.
Parece que, finalmente, a situação estará em fase resolução. Espero que assim seja...

Fica aqui o primeiro post desse blog, datado de 19 de Novembro de 2005 e que explica a caricata situação (para não lhe chamar outra coisa...)

O que se passa?

Eu sou PORTUGUESA.
A minha mãe era PORTUGUESA.
Vim viver para PORTUGAL com 18 MESES de idade até hoje. Cresci cá, estudei cá, trabalhei cá, e tenho uma filha PORTUGUESA.
Há seis anos atrás roubaram - me a mala por esticão na qual eu tinha os meus documentos. Desde essa altura até hoje nunca mais consegui renovar o meu bilhete de identidade. Não me dão um Bilhete de identidade, e por não o ter, não consigo obter nenhum outro documento identificativo com fotografia, como por exemplo o Passaporte. Assim, NÃO POSSO tirar a Carta de Condução, NÃO POSSO ter um simples passe social porque para tudo isto também pedem o Bilhete de identidade. Tenho direito à isenção devido a uma doença crónica que tenho mas, como NÃO POSSO tirar o Cartão de Utente também NÃO POSSO ter a isenção!
Também NÃO POSSO abrir uma conta bancária, NÃO POSSO votar, NÃO POSSO alugar uma casa em meu nome, NÃO POSSO casar, e para poder ir TRABALHAR tenho que comprar módulos diários para andar nos transportes o que me leva grande parte do ordenado que ganho! etc, etc, etc, etc, etc, etc.... Passava aqui muito tempo a descriminar tudo aquilo que eu NÃO POSSO fazer por falta de identificação. Identificação essa que eu já tive!Custa muito viver assim, tudo me é recusado no meu próprio país!
Pior é eu ver tantos estrangeiros que cá estão a viver e qualquer um deles tem um passe! Eu que sou PORTUGUESA, NÃO POSSO!

5 comentários:

Joaquim Baptista disse...

Não percebo. Se já tinha documentos, porque os não pode renovar? Ou tirar uma segunda via. Posso estar a perceber mal, mas se calhar a história está mal contada

Jorge Portugal disse...

A leitura do blog em questão - em particular os 3 ou 4 primeiros posts - facilita a compreensão do caso.
O post que transcrevi aqui (o primeiro do referido blog), serve apenas de apresentação do caso.

Anónimo disse...

Esta historia está mal contada! O sistema de identificação nacional tem sempre resposta para casos estranhos.
Se você é realmente portuguesa então tire a certidão de nascimento e esplique para que efeito é!
Caso contrário volte para o seu país de origem!

Sylvie disse...

@Jorge Portugal
Muito obrigado por teres escrito este post sobre o meu caso. Agradeço-te imenso porque o meu objectivo com ele é precisamente a divulgação deste caso.
E sim, já está em vias de ser resolvido!

@Às outras pessoas que comentaram:
Eu nem devia estar a dar-me a este trabalho mas, por outro lado, não consegui ficar calada perante barbaridades tão grandes:
Eu sou filha de MÃE PORTUGUESA e PAI JUGUSLAVO. Nasci em Paris porque, por motivos profissionais os meus pais estavam lá a viver, temporariamente, mas viemos para Portugal tinha eu 1 ANO DE IDADE. TODA A MINHA VIDA VIVI CÁ. A família da parte do meu pai já faleceram e nem os conheci tão pouco. Não tenho família nenhuma em França. A pouca que ainda tenho é PORTUGUESA. Estudei cá, trabalhei cá, fiz descontos para a seg. Social, e tenho inclusivé uma filha Portuguesa. Enfim, sou tão portuguesa como o anónimo que fez o triste comentário e que nem Português sabe escrever: ESCREVE-SE "EXPLIQUE" E NÃO "ESPLIQUE"!

Bom, qt ao 1.º comentário:
Sr. Joaquim Baptista, realmente está a perceber mal! se esta situação fosse assim tão simples de resolver como diz: não acha que já estava resolvida? Eu renovei todos os doc.`s menos o BI porque o que eu tinha era azul (cidadã estrangeira) mas com a entrada na CE já n se fazem estes BI`s. Por isso não dá para renovar através do que eu tinha.
Antes de falarem deviam ter ido ler o Blog (e com atenção) e assim já não tinham dito estes disparates.
Enfim...

Mais uma vez Pedro: Obrigada e vai aparecendo pelo meu Blog. A resolução está para breve :-) Bjs!
Sylvie.

milinn disse...

Olá Jorge. Não podia deixar passar um momento tão importante como este para mim sem partilhar aqui ctg porque foste uma das pessoas que escreveu sobre o meu blog e senti que de certa forma te tocou este meu problema por isso quero dizer-te que finalmente já consegui obter a minha nacionalidade portuguesa e que mt em breve já vou conseguir o meu B.I.! Só não o tenho ainda por causa das malditas burocracias.
+ uma vez obrigada.
PS: Desculpa por te ter trocado o nome no último comentário que fiz aqui no teu blog mas nesse momento estava passada com os comentários menos agradáveis que li.
Fica bem.
:-)